16 de jul de 2009




´ Porque você é uma menina com uma flor e tem uma voz que não sai, eu lhe prometo amor eterno, salvo se você bater pino, que aliás você não vai nunca porque você acorda tarde, tem um ar recuado e gosta de brigadeiro: quero dizer, o doce feito com leite condensado.
E porque você é uma menina com uma flor e chorou na estação de Roma porque nossas malas seguiram sozinhas para Paris e você ficou morrendo de pena delas partindo assim no meio de todas aquelas malas estrangeiras. E porque você quando sonha que eu estou passando você para trás, transfere sua d.d.c. para o meu cotidiano e implica comigo o dia inteiro como se eu tivesse culpa de você ser assim tão subliminar. E porque quando você começou a gostar de mim, procurava saber por todos os modos com que camisa esporte eu ia sair para fazer mimetismo de amor, se vestindo parecido. E porque você tem um rosto que está sempre num nicho, mesmo quando põe o cabelo para cima, como uma santa moderna, e anda lento, a fala em 33 rotações mas sem ficar chata. E porque você é uma menina com uma flor, eu lhe predigo muitos anos de felicidade, pelo menos até eu ficar velho: mas só quando eu der aquela paradinha marota para olhar para trás, aí você pode se mandar, eu compreendo. E porque você é uma menina com uma flor e tem um andar de pajem medieval; e porque você quando canta nem um mosquito ouve a sua voz, e você desafina lindo e logo conserta, e às vezes acorda no meio da noite e fica cantando feito uma maluca. E porque você tem um ursinho chamado Nounouse e fala mal de mim para ele, e ele escuta mas não concorda porque é muito meu chapa, e quando você se sente perdida e sozinha no mundo você se deita agarrada com ele e chora feito uma boba fazendo um bico deste tamanho. E porque você é uma menina que não pisca nunca e seus olhos foram feitos na primeira noite da Criação, e você é capaz de ficar me olhando horas. E porque você é uma menina que tem medo de ver a Cara– na-Vidraça, e quando eu olho você muito tempo você vai ficando nervosa até eu dizer que estou brincando. E porque você é uma menina com uma flor e cativou meu coração e adora purê de batata, eu lhe peço que me sagre seu Constante e Fiel Cavalheiro. E sendo você uma menina com uma flor, eu lhe peço também que nunca mais me deixe sozinho, como nesse último mês em Paris; fica tudo uma rua silenciosa e escura que não vai dar em lugar nenhum; os móveis ficam parados me olhando com pena; é um vazio tão grande que as outras mulheres nem ousam me amar porque dariam tudo para ter um poeta penando assim por elas, a mão no queixo, a perna cruzada triste e aquele olhar que não vê. E porque você é a única menina com uma flor que eu conheço, eu escrevi uma canção tão bonita para você, "Minha namorada", a fim de que, quando eu morrer, você se por acaso não morrer também, fique deitadinha abraçada com Nounouse, cantando sem voz aquele pedaço em que eu digo que você tem de ser a estrela derradeira, minha amiga e companheira, no infinito de nós dois. E já que você é uma menina com uma flor e eu estou vendo você subir agora – tão purinha entre as marias-sem-vergonha – a ladeira que traz ao nosso chalé, aqui nestas montanhas recortadas pela mão presciente de Guignard; e o meu coração, como quando você me disse que me amava, põe-se a bater cada vez mais depressa. E porque eu me levanto para recolher você no meu abraço, e o mato à nossa volta se faz murmuroso e se enche de vaga-lumes enquanto a noite desce com seus segredos, suas mortes, seus espantos – eu sei, ah, eu sei que o meu amor por você é feito de todos os amores que eu já tive, e você é a filha dileta de todas as mulheres que eu amei; e que todas as mulheres que eu amei, como tristes estátuas ao longo da aléia de um jardim noturno, foram passando você de mão em mão, de mão em mão até mim, cuspindo no seu rosto e enfeitando a sua fronte de grinaldas; foram passando você até mim entre cantos, súplicas e vociferações – porque você é linda, porque você é meiga e sobretudo porque você é uma menina com uma flor.`
[Vinícius de Moraes]



Esse texto, porque as minhas palavras se recataram diante dessas. É que Vinícius sempre sabe acertar em cheio, meu infinito particular.

42 comentários:

Sheila disse...

Vinicius é vinicios, sem comparação, eu ja tinha visto esse texto, é mtolindo :D

obrigada pela passada no meu blog, volte sempre que quiser ;D
beijos;*

Joyce Carolini. disse...

Lindo,lindo,lindo...!
Nem tenho palavras para comentar.
ótima escolha.Amei!

Gosto muito do teu blog e de você Thaís!

Beijocas!
Paz!

Luh disse...

tatá, fico tão feliz que uma escritora que admiro tanto quanto você tenha gostado tanto da minha songfic que porporcionara um gostinho de quero mais em ti. Vai ter mais, só que ainda vai demorar um pouco.
Sobre nos "conhecermos" desde mais ou menos março do ano passado, chegou até a me assustar. Eu fiquei "não... NÃO É POSSÍVEL!" Mas era!
E sobre o texto do Vinícius de Moraes, lindo, perfeito! INCRÍVEL! Principalmente esse trecho: "eu escrevi uma canção tão bonita para você, "Minha namorada", a fim de que, quando eu morrer, você se por acaso não morrer também, fique deitadinha abraçada com Nounouse, cantando sem voz aquele pedaço em que eu digo que você tem de ser a estrela derradeira, minha amiga e companheira, no infinito de nós dois.".

Beijoos mil para a senhorita ^^!

lpzinho disse...

Oiiii querida Tatázinha!
Que sensibilidade, que menina feita de amor, que amor em forma de menina!!!
Lindo demais o texto dele, aliás.. diga-se de passagem, talvez ele tenha escrito para alguém q tenha sido parecidinha com vc! Mas com certeza era alguém menor em tamanho, beleza, charme e encantamento pq Vc sim é uma pessoa-poesia, doce e mágica como ninguém!! Adorável né... amo vc minha amiga, parabéns pela postagem e por vc ser esta fofa!
Beeeeeijo e se cuida!!

Bami disse...

Lindo texto de Vinícius. Ele é fantástico, sempre tem as palavras certas nas horas certas.
Seu blog tá muito lindo!!!
Bjoss

Caá disse...

vinícius é incrivel, unico..
lindo texto Tata :DD
beeijoss!

Sofih disse...

O amor tem seus motivos e nesse texto, eles estam escritos de forma muito linda! *_*
Beijos

Isabela disse...

Vinícius não precisa nem comentar né? (:

Tem o link direto pro vídeo no blog querida.
Beijoo.

Rafael disse...

Obrigado!! fico feliz q tenha gostado do meu poema!!!
bjs

João disse...

Esse é um daqueles textos q nem precisaria terminar.

Drica disse...

Vinícios, não tenho palavras para descrever sobre a escrita dele.. é mara muita mais que isso!

lpzinho disse...

Tatá Vc é um sonho mesmo, né?
Bem humoradinha, sensível, bonita, altinha, delicada, presente... sempre amiga e querida demais né??
Obrigado pela visita novamente e pelas palavras no meu blog!
Meeeeu DEUS como eu te adoro, quero bem e gosto demais menina bonita!!!
^^ Bjokas... amo vc mocinha!

Daniela Filipini disse...

Vinicius é foda! HAHA
Muito lindo \o

Beatrix disse...

vc ja leu capitões de areia néh? é bom??

Mari disse...

Tatá, eu não conhecia esse texto do Vinicius de Moraes. Lindo demais! Fiquei apaixonada!
Beijos

Tha ! disse...

aah , ele também afeta meu infinito particular , e eu nunca tinha lido este texto ! mais sou apixonada pelo soneto de fidelidade , já leu ?
bjoos.

Vida Após Orkut disse...

qualquer palavra morre na frente das palavras Dele!

Carolda disse...

Já eu dei uma de prepotente e me imaginei escrevendo coisas tão belas quanto esta para ele. Ou até mais. Um dia eu chego lá!

Mas é, ao mesmo tempo, esse texto me deixou sem palavras. É lindo.
Beijo

Letícia disse...

Vinicius de Moraes é tão ele!
Me lembro até hoje do Soneto de Fidelidade *-*
... e rir meu riso...

:*

kée disse...

aahn mto fofo texto "...e fala mal de mim para ele, e ele escuta mas não concorda porque é muito meu chapa,..." ahuh *morri*
Vinicius rox ^^

Ana Cristina disse...

Muito obrigada pelo comentário lá no blog!Muito bacana o texto!
Beijos e passa lá sempre que puder, obrigada! Ate...

Rhiannon disse...

O texto é realmente lindo... =*

Lillian disse...

É Vinícius de Moraes, não tem comparação!
Qualquer palavra se recata diante das palavras dele :D

Beijos!

Júlia Duarte disse...

sem palavras...

Beatrix disse...

Preciso ler pro vestibular...
Ai tava meia assim,pq não vi nenhum comentario a respeito...

Brigada.. ^^

Aline disse...

Nunca tinha lido esse texto.
Muito, muito lindo!

Yaas disse...

aaah, nunca tinha lido *-* achei lindo.
além do mais, a foto com a flor de um toque todo especial ao post.
amei.
beeeijos :*

nayanne disse...

Simplesmente, digno esse texto!
Visitarei mais seu blog senhorita, e desculpe-me a demora, muitos acontecimentos. Sem mais delongas...tenha uma noite bárbara e sempre que puder, faça-me uma visita. ;D

Anna disse...

Sou muito apaixonada por esse texto. Muito.
beijos

Paula. disse...

Lindo texto Thaís!

Beijos!



P.S.:Obrigada pelo comentário,volte sempre!

Jessyka disse...

Adoro, adoro, adoro esse texto!!
foi amor a primeirissima vista!

PS: Sorte sua não ter se chamado Jéssica...eu não gosto muito do meu nome, se fosse só Helena seria melhor...

Bjokas**

Renata disse...

Apesar de ler bastante, não sou muito ligada na literatura nacional nem portuguesa. Não sei, não me atrai, sabe? Talvez eu tenha ficado com trauma pelas aulas de literatura da escola...

Mas independente disso, o texto com certeza é lindo.

Beijo.

Jessy disse...

" porque eu me levanto para recolher você no meu abraço, e o mato à nossa volta se faz murmuroso e se enche de vaga-lumes enquanto a noite desce com seus segredos, suas mortes, seus espantos – eu sei, ah, eu sei que o meu amor por você é feito de todos os amores que eu já tive, e você é a filha dileta de todas as mulheres que eu amei(...)''

Eu fiquei encantada com esse trecho. Vinícius sabe perfeitamente nos tocar com suas belas palavras que estão colocadas lado a lado, com uma sintonia indescritível, capaz de tocar o mais triste coração. Que garota não gostaria de escutar algo assim? :} Não é só o Vinícius, não. Os seus textos também são lindos, Tatá, e eu os admiro bastante. Peço que nunca pare de escrever, pois isso é um dom e você o tem.
beijo flor

ℓiiα, ♥ disse...

Adoro os textos do Vinícius de Moraes. *-*'

beijos.

♥Anny♥ disse...

Vinicius é unico!!!
Sem comentários, simoplesmente maraviiilhoso!

Ana disse...

Poucas pessoas escrevem como Vinicius. Uma delas é Fernando Anitelli (amooo). Mas arrasou na escolha, beijinhos

Jessie disse...

ótima escolha*-*Vinicius sempre será Vinicius*-*

Maravilhoso o texto, me tocou também^^

Atualizei menina..dps me visita?

bjos mil

Tha ! disse...

te linkei , tah?
bjoos.

Mayana Carvalho disse...

Só podia ser Vinicius...
Beijos

m a r i a H disse...

esse texto é simplesmente ma-ra-vi-lho-so! vinícius também né! :) aliás, gostei mto do seu blog! vi que deu uma passada no meu e acabei achando o seu também. adorei!

beeijo!
:*

Ma. disse...

O Vinicius manda bem pra caralho, e eu adoro esse texto. :)

Beijos!

Nathália Monte ;D disse...

perfeitoo...vinicius me acaba.
ashuashuasha

beijO chuchu







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!