.Engane - m(s)e.

28 de jun de 2009

Vai, diz que falou comigo sem ter por quê. Olha nos meus olhos, e diz que não pensa em mim, que não lembra do que passamos. Pega todo esse brilho que seus olhos irradiam quando sentem minha presença e esconde, cale-se, diz que não passou de devaneios. E quando o teu cheiro estiver preso em mim, desaba logo com esse mundo de calmaria. Anda, diz que nesse tempo todo você nem sequer sentiu minha falta, sentiu-se aliviado por não me ver. Aliviado porque sabe todas as sensações que seu ingênuo coração, ao contrário de você, insiste em sentir e encarar tudo com uma real sinceridade que me assusta. Tente me enganar, porque os seus braços assim, envoltos na minha cintura, contradizem todas as palavras que saem da sua boca. Sinta ciúmes das outras pessoas ao meu redor, me olhe como quem não quer nada, mas que no fundo tem vontade de gritar e implorar pra que eu permaneça ao seu lado. Para sempre! E você sabe tão bem quanto eu, que esse teu sorriso que se abre 'involuntariamente' quando eu te digo o que sinto, não me deixam mentir. Faça tudo, sem dizer nada. Me deixe com a esperança de ter você mais afável, me deixe pistas, louca, mas não me dê as respostas. Aliás, quero que entenda que já as encontrei nesse seu abraço apertado, nessa sua maneira de me pintar arco-íris. E não me dê sermões, conselhos, tudo que eu peço hoje é você fazendo poesia junto a mim. Pode me dizer que não me quer mais, que é dono de mim mesmo sem nunca me ter. Me manda sair da sua frente, da sua vida, me pede pra desaparecer. Mas não me deixe ver seus olhos. Eu já te disse, eles contradizem cada acento agudo, interjeição e pronome proferido por você. Me diz adeus amanhã, mas fica hoje. Fica porque a gente sabe da sintonia dos braços, das bocas, dos sorrisos. Fica hoje só por ficar. Fica amanhã pra ter gosto de quero mais. Fica, ainda que a culpa do que aconteceu caia em cima de mim, mais uma vez. Fica pra deixar a consciência leve. Fica pra fingir que foi por obrigação. E quando você cansar de se enganar, tente ficar por mim.



.Obs: Precisei ler, reler e ler mais muitas vezes esse texto escrito por mim em 2008. Ainda acho que ele não se encaixou muito bem. Vai ver que agora, essa melodia cantada assim, por nós dois, não soe tão doce aos meus ouvidos. Talvez, quem sabe!

.Obs²:
Tem um blog que rejuvenesceu agora. Cara nova, porém o mesmo coração aberto.


23 comentários:

Tatá disse...

TESTE!

Juliana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Juliana disse...

tava tentando comentar aqui, desde ontem.
Que texto lindo, já me vi muito nesse papel e sei o quanto é doloroso ficar á espera de alguém.
Atitudes, olhares dizem mais do que qualquer palavra.
Beijo lindinha. =*

ps:tá lindo o teu blog viu?

Giovanna disse...

Acho que a gente ta vivendo a mesma situação.
Não adianta, as vezes as pessoas querem se passar por fortes e esquecem que é como dizia o mestre Renato Russo " mentir pra si mesmo é sempre a pior mentira" !
Tá lindo o blog!
Parabéns!
um beijo

KahSilva disse...

Ah,faz de conta que fui primerona...Tatá,mais uma vez você me pegou desprevinida com teu post.Juro,vou copiar e colar prá mandar pro maridão,hehe...Lindo,lindo,lindo,lindo!!!
O template está esplendivilhosooooo,quero um tb!!
Menina,tu tens um dom,precisa aproveita-lo pro bem.Parabéns!!Adorei ter te encontrado.Cada dia que passa gosto mais de ti!!Beijos coloridos no teu core!!

PS;foi muito bom conversar e saber um pouco de ti hoje!!
PS2:não sei porque meu coments,só apareceu agora,haha

Letícia disse...

tava tentando comentar aqui, desde ontem. [2]
Quee texto bonito! E beem, m eu olhos lacrimejaram ;~;
O blog ficou lindoo *.*

:*

Ivi Derzi disse...

" E quando você cansar de se enganar, tente ficar por mim."
Liiindo!!

menina, vc arrasa!

Adorei o novo visual do blog!

Beijos ;*

Bruna Bianconi disse...

gostei do novo texto e do novo lay *-*

Beatrix disse...

Li,Re li,e to tentando achar alguma coisa boa o batante que expresse o que seu texto me causou...

Não consegui...

suas palavras simplesmente me ..dominaram,me levaram pra uma atmosfera de sensaçãoes sem iguais..

parabens..adorei o post..

bjks;*

Luh disse...

AI QUE SAUDADES DE VIR AQUI!
Faz tanto tempo... há tantos posts que não deixo meu singelo comentário aqui! Que falta de educação a minha, não?!
Mais uma vez, texto lindo, deslumbrante. Que revela uma emoção diferente! Quando leio os textos de minhas duas amigas virtuais, vejo em mim um sentimento que não conhecia antes, e que não consigo descrever.
Mais uma vez, não tenho palavras para seu texto! Tudo que você disse relata uma das maiores verdades.

Até mais, espero voltar cada vez mais aqui! Morro de saudades de vir aqui!! Beijooos ;*!

Obs: Adorei o design! Também quero mudar o meu, mas estou de computador novo e não tenho como fazer o código...

LP disse...

Oiiii Tatá!
Mto bom o texto e mais ainda o fato de vc colocar as palavras aqui, refletindo sobre elas... gostei do layout tb.... cheiro de coisa nova no ar!
E coisas do mundo blogueiro, aqui nos teus comentários, uma blogueira que tem textos bacanas, era contato de Orkut, mas deletou meu perfil do nada... coisas de ser humano.. doideira!!
Beijo amiga e desculpa a ausência!
^^

cRIS disse...

Oi!
Eu estive aqui antes e li o seu texto, não comentei porque num deu meu pc estava doidão!XD
Mas, hoje eu vim comentar e elogiar o seu texto porque eu realmente gostei e ficou muito bom.
Parabéns fofa!
Muito obrigada pelo comentário lá no blog, volte sempre!
Bjos e até mais!

Caá disse...

nossa que texto lindo *-*
voce escreve muito bem.
agora pode não ter muito sentido mais..
mas um dia, tudo volta a ser desse jeitinho *o*

beeejo!

Flor disse...

Achei linda essa sua cor. E me vi tantas vezes no seu escrito, cheguei a quase chorar e lembrar, como era, como EU era, e mais: como ÉRAMOS.

Um beijo.
P.S.: melhor coisa: continuar aberta!=)

Nath Fontes disse...

faz muito tempo que nao visito seu blog! :O
adorei o texto! muito lindo.. meesmo
beeijos :*

Daniela Filipini disse...

E os olhos sempre dizem o que a boca tem vergonha de falar, e ninguém manda na alegria de um sorriso.

Beatriz disse...

Como sempre, seus textos perfeitos e encantadores *-* Faça um livro menina, vou ser a primeira a comprar! ;D

Obrigada pelo comentário, te linkei ok?
Beijos :*

Renata disse...

muito linda, e sei como 'e a sensação de esperar por alguém. Adorei teu blog ;*

Lady disse...

Tatá sempre abalando com os seus textos, hein! e lindo como sempre. me fez lembrar de certas coisas escondidas no fundo da memória...

pode deixar que eu vou aproveitar e muito bem essa viagem por nós duas. haha.

beijoos

lpzinho disse...

Vc é muuuuito linda, sabia Tatá altinha?
Bjokinhas de alguém bem menor mas mto feliz com a sua amizadeeee!

Vida Após Orkut disse...

muito bom teu texto. vou frequntar mais esse blog!
beijo

Aquela tal de brito disse...

ficou lindo seu blog assim amor.
o nossa como eu ja quis tanto alguem assim
que nem liguei se ele ficaria por amor
ou por obrigação! ;~
mas que ele fique porque gosta de ti.

sempre super sentimental seus texto *-*
beeeijos;*

Vanessa disse...

Oi tataaah!
Td bem c vc?
Menina q saudade de vc no meu blog...Sumiu, mas finalmente voltou!
Amo seus textos! Vc escreve muito bem!
Sentimento é um trocinho complicado, q a gente quer tirar, parar de sentir. Apertar um botão de desligar. Mas às vezes a gente n pode e n deve...
Bom, um bom resto de semana pra vc, ateh mais!

Be happy!
Fuieh!







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!