10 de set de 2009


Tem cheiro de brigadeiro com granulado. E frio pra combinar com cobertor e filme de romance. Uma semente jogada em um canto qualquer para que floresça compreensão. Um sorriso por um abraço. Um beijo na testa para relembrar de manhãs coloridas, e segundas-feira enfeitadas de confete. Uma palavra para adoçar uma saudade amarga. E um gesto para acalentar o coração. Uma tarde de sol com companhias sem iguais. Retirar velhas bonecas de pano do baú e relembrar sorrisos banguelas. Sorrisos puros.

É ver
Ursinhos Carinhosos na televisão e sorrir encantada com doçura. É saber-se amada ao olhar pro lado e encontrar pés que caminham na mesma direção. E mãos que se entrelaçam para dar equilíbrio acerca de obstáculos amedrontadores. Abraços inigualáveis. Confiança infinita. Planos construídos para um futuro distante, mas ao mesmo tempo, tão próximo. Futuro que chega de forma branda para nós.

Saber-se escoltada por todos os cantos. Encontrar pessoas que se deixem levar pela mesma sintonia. E trabalharem juntos para a formação de uma coreografia perfeita. Deixar que as cortinas se abram e a peça comece sem nenhum rastro de medo. Sem deixar nenhuma marca de timidez. Aplausos que incentivam e encorajam. Aplausos de pé. Assobios.

Vida girando e levando pessoas próximas. Trazendo outras. Um beijo quando menos se espera. Chuva que desce para levar embora angústias. Castelo de areia construído com esforço e sem indícios de desmoronar. Uma mensagem romântica no meio da madrugada. O coração em ritmo de balada. Elogio sincero quando se espera o contrário.

Sorvete de chiclete em plena tarde calorenta de sábado. Mês de julho e dezembro desenhando cores e traçando esboços de aquarela. Aquarela de dias e momentos. Uma criança que te faz voltar ao passado e relembrar de candura. Encontrar alguém depois de tanto tempo e perceber que nada, ou quase nada, mudou. Aprendizados. Tombos. Se levantar com dignidade e determinação. Nós, que cultivamos esperanças de dias felizes. Aquela coisa de Dias que não deixaremos para trás, que
Jota Quest cantou. E dias melhores PARA SEMPRE.

Lágrimas de felicidade. Desatar nós. Reatar um laço perdido, até então. Nomes ditos ao mesmo tempo. Imaginar algo bom e ver acontecer. A espera por um vento que vem trazer brisa suave. E pessoas que vem junto, de carona. É
Moony cantando tudo o que penso sobre o presente. E Renato Russo, escrevendo e (en)cantando sobre tudo o que passou.

É
Clarice Lispector inundando os olhos e pondo uma estrela em cada olhar. Se reconhecer em personagens inventados, mas que ao mesmo tempo, são tão ‘eu’. São tão ‘nós’. Conversa interminável com o firmamento. Encontrar incentivo em um olhar de um amigo. Saber-se seguro por estar perto de família. Um abraço apertado em que se sentem os corações batendo juntos. Um perfume que te relembra momentos. E trejeitos que relembram pessoas. Noite enluarada que é testemunha confiável de pulsações a mil e desejos desenfreados.

Um eu te amo vindo do fundo da alma. Ser fortaleza. Chorar com um filme. Se reconhecer em alguém. Pedidos irrecusáveis. Se entregar. Se arriscar e permitir errar o passo, para depois dançar em sincronias perfeitas. Fotos em preto e branco. Cartas que recheiam a caixa de lembranças. Menina -sensações. Eu, liberdade. E de limites? Nem sei.


‘Temos de aprender o valor das pequenas coisas
E você já leu um livro que te fez chorar
Mergulhou de cabeça mesmo sem saber o que ia encontrar’
[O valor das pequenas coisas – Arcanjo]

45 comentários:

Drêycka disse...

hummmm

nostalgico e gostosíssimo

;)

Joyce Carolini. disse...

"Menina -sensações. Eu, liberdade. E de limites? Nem sei."

E mais uma vez relatou doçuras!Do jeitinho que só você sabe fazer.
Lindo!

Beijos girassol!

Am. disse...

nostalgico ²

achei seu blog por acaso e gostei, vou seguir! (:
passa pelo meu, e da sua opnião tbm? bjs, sucesso!

você escreve mt bem (:

Bami disse...

Que texto mais perfeito! Realmente temos que dar valor as coisas simples!
Bjooss

Natália disse...

Tocou tão fundo no meu peito que chegou a doer. beijos

Se puder comente também:
http://rapidoeindolor.blogspot.com/

(Mundo de Natty) muiito obrigada!

Nathállia Motta disse...

amei o texto liinda!
(verdade existe sim aquelas pessoas-confianças, e eu já sei em quem posso confiar, são poucas mais existem!

Obrigada linda
volte sempre
to ti seguindo.
Beijos

Jessie disse...

Lindo como sempre^^ Felicidade é tudo isso e muito mais e no final é bem simples.Basta valorizar as pequenas coisas e encontrar a felicidade em si mesmo.

Amei flor^^

Dps visita o meu..atualizei

bjuuu

Juju disse...

Que coisa linda.Você me fez lembrar da minha infância e das pequenas coisas, pequenos detalhes que nela aconteceram que eu nunca irei esquecer.

Beijujubas

Anaah disse...

que lindo *-*
me fez lembrar de ursinhos carinhosos *-* que saudade meu.
beeijo rs.

NS. disse...

Eu, liberdade. E de limites? Nem sei.


adorei

gii manucelli disse...

a maneira que você escreve é divina sabia ?! espero um dia saber dar valor as pequenas coisas.. acho que assim tudo fica mais fácil de se viver ;B

beijos ;*

' Lys. Fer-Nanda. disse...

Estou perdidamente apaixonada pelo seu blog querida, estou te seguindo e vou fazer varias visitinhas eim! Beijoo

Da uma olhada no meu tambem querida:
http://lysfernanda.blogspot.com/

Camila disse...

realmente muito profundo ;/
ameeei a pequena estrofe do final
(O valor das pequenas coisas – Arcanjo)



bejos

Irm disse...

Esse livro parece ser muito bom mesmo!

Borralheira disse...

O livro parece ser ótimo.
Realmente, são as pequenas coisas que nos fazem bem!
Beijos

Tatá disse...

Desculpa, mas não sintonizei ainda.
Que livro? o.O

Karine Rosa. disse...

Caraca, que lindo Tatá.
Adorei *-*
Ficou muito profundo, tocou mesmo.
Parabéns

Temos que aprender dar valor as pequenas coisas, são elas as mais importantes.

thaah disse...

realmente as as melhores coisas são as mais simples. nem sempre as pessoas entendem isso. por exemplo pra mim, o melhor presente que eu poderia ganhar é uma musica. *-* uma musica inspirada em mim. e olha só, por ironia do destino, o meu namorado adora escrever musicas o tempo inteiro. mais ele nunca se preocupou em escrever uma que falasse de mim, ou pra mim. ele só se importa em me dar presentes caros, e coisas frias. sem sentimentos. :/
beijos tatá :*

Babih Xavier disse...

Aain que texto gostoso
inspirador... me rendeu um post
pra por no blog
ahuahuahuahu
e olhe que anda difícil me inspirar desse jeito \o/

Camila disse...

Amei o texto!
E limites... não gosto muito dessa palavra... queria que as pessoas fossem mais livres pra seguir seu caminho sem se preocupar com limites...
Obrigada pela visita!

Ítala disse...

que bonito... me senti menininha de novo.. eu vivi tudo o que você escreveu...

aaaah, valeu por passar lá no blog ;]

volte mais vezes...

BjOs
bom fim de semana..

Bami disse...

Tem meme pra vc lá no blog.
Bjooss

Késia Maximiano disse...

Q coisa linda!!!!

Mıss Mαb. disse...

Senti um tom de nostalgia?
Que curioso..
Muito legal o texto! :D


http://chocolatebitter.blogspot.com

Loh_rayne disse...

vc escreve tão bem *-*

Lara Monteiro disse...

Perfeito, só pra variar né?
Beijo ;*

Maldito disse...

Nossa,..sua mente foi longe come ssas palavras n´´e!
Inté!

Márcia Amaral disse...

você escreve tão bem, fala sério

Pequetito disse...

Puxa vida!
Que texto bonito, que coisa mais iluminada e gostosa de se ler!
Continuo sonhando, um dia em encontrar alguém assim feito Você que sabe sentir e sabe como ninguém expressar o amor, as alegrias de alma, os cheiros, as coisas da vida e do coração!
Vc é tão linda, mas tão linda que só poderia ser assim bonita por fora tb!!!
Amo vc minha amiga bem mais altinha e toda brilhante, encantadora e especialissima!
Saudade de te ler.. ando tão ausente, sem vontade de internetar mais!
Mas aqui eu amo aparecer... me eleva o espírito poder te ler e ter contatos com vc mocinha preciosa!!! Beijocas pequetitas!!!
^__^

Lillian disse...

São esses momentos nostálgicos que alegram a nossa alma!
Nada como encontrar aquela pessoa que fez parte de uma fase tão boa da nossa vida!

Beijos!

Vanessa. disse...

Tão lindas as pequenas coisas que couberam inteiras nas tuas palavras.




Beijo, flor.
:*

Daniela Filipini disse...

Dá saudade da infância...
Quem faz nossos limites, somos nós.

Aquela tal de brito disse...

meus prezados parabens
Tata vc tem um jeito que encanta a todos , e seus textos nos fazem ir junto com vc para outro mundo!

:)

Mari disse...

Eu chamo isso de pequenos prazeres que são a essência de uma vida bem vivida. =)
Beijos

Beatrix disse...

Eu nunca sei o que dizer,fico sempre tão encatada ...

;**

Beatriz disse...

Como sempre, você arrasa! *-*
Texto lindo demais.

As coisas simples da vida... que fazem toda a diferença!

Beijoos :*

Bill Falcão disse...

Uauuu!
Arrepiante, Tatá!
Bjooooooo!!!

Baaah disse...

'Um beijo na testa para relembrar de manhãs coloridas, e segundas-feira enfeitadas de confete. Uma palavra para adoçar uma saudade amarga. E um gesto para acalentar o coração. Uma tarde de sol com companhias sem iguais. Retirar velhas bonecas de pano do baú e relembrar sorrisos banguelas. Sorrisos puros.'


Quanto tempo não passo por aqui...
Tudo tão diferente mas qualidade não muda.=)
Tão perfeito cada palavra letra,tudo tudo!

Parabéns pelo blog.=)

=*

Renata disse...

Ai que texto cheio de sentimentos gostosinhos. Calorzinho no coração. Desse jeito dá até vontade de viver mais um pouquinho.

Beijo.

Larissa disse...

Lindo, lindo, lindo.
Sei que, diante de tantos comentários, muita gente deve ter dito isso. Mas é que não consegui pensar em nada que resumisse com mais sinceridade. Lindo.
Um beijo, e meus parabéns.
De verdade.

Mayana Carvalho disse...

Uma felicidade ingenua de sensações.. nada melhor! É como dar valor aos detalhes que realmente importam.

Beijos

Luh* disse...

Eii, fikei muito feliz q eu com meu post consegui te descrever tão bem como tu mesmo disse!
beijos

Lucas Lima disse...

muito bom, rsrs, nostalgico, gostei
bons dias

Hosana Lemos disse...

"Uma mensagem romântica no meio da madrugada."
...

teu texto me fez relembrar tanta coisa, uma saudade boa!

adorei!

bjos

Carolda disse...

Delícia de texto! Tão doce e profundo...
Eu que adoro vir aqui e encontrar suas palavras ;**







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!