Sobre uma noite qualquer

6 de nov de 2011

- E porque se entrega assim, tão facilmente?
- Na busca de ter algo que transborde desse vazio. O muro não é intransponível, eu sei. Mas poucos tem coragem de derrubá-lo.
- Acredita no amor, ainda?
- Tenho me esforçado para. Mesmo que o mundo lá fora queira me provar o contrário.
- Você? Amor? Não me parecem compatíveis.
- Da mesma forma, você, acredita na felicidade?
- Não.
- E ainda assim já desistiu de procurá-la?

Silêncio.

- E com toda essa tristeza, como ainda consegue que brilhe o teu olhar? Vestígio de esperança, moça?
- Chega de conversa. Entenda essa minha necessidade encharcada de desejo. Preciso sentir alguma coisa. Uma emoção, seja ela qual for, para me mostrar que ainda existe vida.
- Vestígio de esperança, moça?
- Apenas para que vire poema e fantasia. Poesia.

Vem aqui, chegue mais perto. O dia ainda nem raiou...

10 comentários:

Priscila Lima disse...

Entendo bem o que vc quiz dizer, de uma forma ou de outra, nós precisamos nos sentir vivas!


Beijoo e quanto tempo eu não vinha por aqui... rs

Biane disse...

Lindo seu blog..to te seguindo! beijosss..

Brunna F. disse...

Creio que ter amor e esperança é o bastante.
:)

Thalita Santos disse...

Felicidade e amor são sempre coisas que dependem muito do outro, e talvez por isso sejamos tão incrédulos em relação à eles. Depender do outro é sempre complicado demais.

Beijo!
Obrigada pelo lindo cometário lá no blog.

Ariana disse...

Por mais que o amor as vezes nos decepcione não devemos nunca deixar de acreditar nele e na felicidade.

Beijos

Mariana disse...

Lindo blog flor, ameii

Segue? Sigo de volta
com muito carinho

bju

http://meuryss.blogspot.com/

Juliane Shmidt disse...

De uma forma ou outra, nunca perdemos as esperanças.
Gostei muito do teu blog moça!
Beijos.

Rebeca Postigo disse...

Comentar o que???
Estou sem palavras!!!
Belo texto!!!

Bjs

Moran, andarilho disse...

Thais,
vejo mais que sensibilidade em suas palavra;, vejo luz e cores, de quem não deixará nunca de acreditar no amor. Parabéns. Bjs, Moran

Gabriela Andrade disse...

Que poético... lindo!







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!